Franquias e negocios
Pagina inicial / Notícias sobre franquias / O ano começou. Que tal empreender? /
data da postagem: 10/01/2017

O ano começou. Que tal empreender?

Em um conturbado cenário econômico, fugir do “comum” pode ser a solução



O ano de 2016 provou que, cada vez mais, os empreendedores precisam estar ligados às mudanças repentinas que apresentam seus respectivos mercados. Com numerosas transformações em setores políticos e econômicos, cabe ao investidor cautela e extrema habilidade de adaptação a novos nichos de investimento para 2017.

 

Apesar de a situação não ser das melhores, há perspetiva, de acordo com especialistas, de progresso ainda este ano.

 

“Tem ocorrido um movimento de grande enfraquecimento no mercado de trabalho, que já mostrava alguns sinais de exaustão desde 2014. Alguns analistas veem sua superação no ano de 2017, com algum crescimento em 2018”, esclarece Fernando Botelho, economista e professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

 

Para ele, a principal medida a ser tomada é, além de realizar extensa pesquisa de mercado, não se endividar. “Neste quadro de incertezas, as empresas e investidores devem evitar o endividamento excessivo. Por outro lado, se bem capitalizados, podem encontrar oportunidades de negócios, principalmente, relacionados a exportações ou aquisições de outras corporações”, sugere.

 

Desse modo, ter cautela e conhecer minunciosamente o mercado que irá empreender é de extrema importância. Principalmente em períodos como esse, aonde a tolerância para erros é muito menor.

 

É fundamental estar atento às novas maneiras de empreender, às mais recentes plataformas e ser um extremo conhecedor do público que consome tais inovações, sabendo do interesse do brasileiro em poder abrir ou otimizar seu próprio negócio.

 

2017 pode ser um grande ano para você, empreendedor. Aproveite as oportunidades com prudência, mas com o intento de trazer sucesso e rentabilidade ao seu negócio.

 

 


Outras noticias