Franquias e negocios
Pagina inicial / Notícias sobre franquias / Franqueado da Gigatron Franchising fatura até R$10 mil por mês com mercado de certificado digital /
data da postagem: 30:00/11/2015

Franqueado da Gigatron Franchising fatura até R$10 mil por mês com mercado de certificado digital

Com o sonho de ter um negócio com maior possibilidade de crescimento e continuidade no mercado, franqueado saiu da área de autopeças para veículos para o mercado de TI. E se deu bem!



Tendo em vista as possibilidades do mercado de franquias, Aguilar Simplicio de Lima, 39 anos, junto com sua esposa Shirley do Sacramento de Lima, fez o que muita gente tem vontade de fazer – abrir um negócio próprio na área profissional com a qual realmente se identifica.

 

Natural de Paranaíba (PI), e residente da cidade de Belém (PA), ele viu no mercado de tecnologia – mais especificamente em Certificados Digitais – uma grande oportunidade para mudar de vida. E, mesmo sem experiência nessa área, em abril de 2016, abriu sua franquia nessa área, apostando em uma unidade Gigatron Franchising, rede de franquias de serviços em tecnologia.

 

Aguilar já teve uma loja de autosserviços e acessórios para veículos, mas enfrentou muita dificuldade com esse tipo de negócio. “Esse ramo exige maior liquidez, elevado custo fixo e boa infraestrutura. É um negócio que tem um período de maturação maior para começar a dar o retorno planejado. E, no meu caso, algumas variáveis excederam além do projetado”, lembra.

 

Porém, com uma forte afinidade pelo segmento de empresas e administração, ele decidiu investir no curso de Ciências Econômicas na pela Universidade da Amazônia (UNAMA), em 2008. “Mas tranquei a faculdade em 2010, por motivo de incompatibilidade de horário de trabalho. Na época, eu trabalha como assessor da diretoria de um grupo empresarial”, conta Lima.

 

Então, ele decidiu mudar da água para o vinho. “Eu buscava um negócio com baixo custo de investimento e baixo custo fixo e operacional, no perfil home office. E o ramo da certificação digital me atraiu também por ser uma área em pleno crescimento, pois as transações via internet crescem a cada dia”, explica. Isso, aliado a forte inclinação do empreendedor para a área de tecnologia da informação, fez com que ele voltasse todas as energias nesse mercado que apresenta uma demanda de serviços cada vez mais alta.

 

 Além disso, o investidor buscava outras facilidades de quem é dono do próprio nariz, como flexibilidade de horário de trabalho, possibilidade de programar a própria agenda para atender os clientes e alinhar os compromissos da forma como achar melhor. “Baixo custo fixo e possibilidade de crescimento na rede é o que me faz seguir em frente todos os dias”, diz ele.

 

 E os resultados logo vieram. A média de faturamento do franqueado mensal é de R$9.5 mil mensalmente. “Mas já cheguei à marca de 10.5 mil, com 38 certificados emitidos em um único mês”, revela. E o motivo de tanto sucesso, fazer o que gosta! “Busque uma área com a qual, principalmente, você se identifique, pois o sucesso será a consequência de foco, trabalho e felicidade”, reforça.

 

 E, para quem procura seguir o mesmo caminho que ele, o empreendedor dá a dica: Se for um pequeno investidor, assim como eu, indico pesquisar o negócio com maior possibilidade de crescimento e continuidade no mercado. E que tenha baixo custo fixo e operacional e baixo investimento”.

 

Mercado em alta

Nesse segmento, Aguilar se surpreendeu. “Apesar da certificação digital ainda não ser conhecida pela grande maioria dos empresários, esse é um mercado muito competitivo e aquecido. Não há facilidades. Porém, para quem tem foco e dedicação, também não há obstáculos que não possam ser superados”, acredita. O termo certificado digital e todos seus benefícios já estão se tornando cada vez mais usual no meio empresarial.

 

Em meados desse ano, empresas do Simples Nacional que possuem mais de cinco funcionários são obrigadas a usarem Certificado Digital para que possam prestar informações trabalhistas, fiscais e previdenciárias. Em 2017, a obrigatoriedade se estenderá aos empregadores com mais de três empregados. Por isso, é importante que pessoas físicas e jurídicas se informem sobre o que são, para que servem e como adquirir os certificados digitais.

 

Daí a importância desse segmento que cresce a cada dia no país. A certificação digital, hoje, permite que processos que tinham que ser realizados pessoalmente ou por meio de inúmeros documentos em papel, possam ser efetuados via eletrônica.

 

A cereja do bolo

Assim como em toda área, um bom diferencial no negócio pode fazer a diferença. Assim foi com Aguilar. Não determino um horário de atendimento, atendo de acordo com a necessidade do cliente no sistema delivery. “Essa possibilidade nos coloca à frente da maioria dos nossos concorrentes”, conta. Segundo ele, isso é um diferencial, pois 60% dos empresários renovam o certificado quando está vencido, o que sempre exige urgência no atendimento. Outros concorrentes exigem o agendamento e pagamento através de boleto.

 

Ideal para grandes cidades, o serviço delivery facilita a vida do cliente, já que o certificado pode ser emitido de qualquer local. Ao invés de se deslocar, o cliente (empresa) pode solicitar a visita do franqueado da Gigatron, que já dispõe de um equipamento para realizar o processo de emissão do certificado.

 

*Fatos e Ideias Assessoria

Franquia responsável


Outras noticias